Alfa e Omega no Brasil – Bametro em Salvador

3 de abril de 2014 11:08

Continuamos compartilhando histórias do movimento em todo o Brasil, nesta série chamada “Alfa e Ômega no Brasil”. Hoje, André Barreto, estudante de mestrado em Química, comenta sobre o primeiro Bametro(reunião mensal do movimento local) do ano em Salvador:

Bametro

“Mais um ano letivo começou e, como sempre, temos que voltar a fazer coisas repetitivas (como estudar, fazer provas e, também, participar das mesmas coisas dentro do movimento) e que, às vezes, não nos dão muito ânimo em repeti-las. Porém, apesar do risco do tédio, temos que seguir em frente porque a causa é nobre por si mesma – fazer com que cada estudante conheça alguém que verdadeiramente segue a Cristo.

Então, gostaria de falar sobre o nosso Bametro – o nome que damos ao evento do AeO Bahia que reúne estudantes de todos os campi onde existe o movimento a fim de integrá-los, transmitir e/ou realinhar a visão do movimento e ter mais comunhão com os outros núcleos. O tema que demos a esse Bametro foi “Lá e de volta outra vez”, pois a nossa ideia foi falar de “recomeço” e de “repetições” que podem nos desestimular mas, que na verdade, são necessárias e que não são exatamente iguais o tempo todo. O movimento é “movimento” – isto é, ele muda, não permanece no mesmo nível ou da mesma maneira. Portanto, mesmo que tenhamos que fazer as mesmas coisas sempre – treinamentos, evangelismos, vigília, impacto na matrícula, recepção dos calouros, reuniões de oração, quebra-gelo etc. – , nada vai ser igual 100%. Por exemplo, todo evangelismo é único porque cada pessoa evangelizada é única e, por isso, cada conversa é única e especial.

O que aconteceu no Bametro? Esquetes, música, dinâmica de apresentação, um bate-papo sobre o tema e, dessa vez, teve até um lanchinho por causa do aniversário de uma estudante! E só um detalhe: fizemos o Bametro no campus na UFBA (onde tinham estudantes ao redor do que estava acontecendo) e, no final do evento, pessoas cristãs (que não tinham ouvido falar do movimento) nos viram e conversaram conosco, demonstrando interesse em participar. Resumindo – para mim, particularmente, que estou há muito tempo no movimento, pode parecer entediante fazer as mesmas coisas todos os anos mas, curiosamente, me sinto bem ao “repetir” coisas que valem a pena – relembrar que preciso falar de Cristo aos meus colegas, relembrar que preciso orar pelos meus colegas, relembrar que Deus deseja se revelar aos estudantes através de mim por meio do Evangelho. Enfim, aqui estou eu de volta outra vez em mais um ano de AeO… Que Ele seja sempre glorificado.”          Andre Barreto

Tem alguma história no seu campus ?

Envie-nos!  Estaremos felizes em publica-la :)

#AlfaeOmeganoBrasil

Deixe o seu comentário

obrigatório

obrigatório

opcional